estamos em manutenção, MAS a gente volta rapidinho! ✌️
confira as novidades no fb.com/dudaemmerickblog ou instagram.com/dudaemmerick

Meu olhar nas semanas de moda internacionais...

Durante quase todo o mês de fevereiro e início de Março, as principais grifes internacionais desfilaram suas propostas para o outono/inverno 2014-2015 , pelos circuitos mais badalados do universo fashion, como NY, Londres, Milão e Paris.

Não costumo fazer um resumão, mas dessa vez acompanhei tudo quase que em tempo real (viva o instagram!), e separei neste post o que mais me chamou atenção. 


Pra começar, trago aqui as minhas grifes favoritas e suas apostas mais desejáveis. Que o diga Roberto Cavalli, que sempre dá um show com seu maximalismo característico em criações que despertam o que há de melhor na mulher. Destaque para o mix de texturas e estampas em total harmonia, e um viva pra Cavalli!

Já a Dior apostou numa mistura certeira: cores quentes com referências pop, complementando tons mais escuros e neutros. Para aderir já!

A Louis Vuitton, em seu primeiro desfile sob o comando de Nicolas Ghesquière, ex-Balenciaga, trouxe um shape 60´s e ultra feminino. Destaque para essa saia em formato A, que super valoriza a silhueta da mulher. 


Domenico Dolce e Stefano Gabbana encerram de forma poderosa, como de costume. Um verdadeiro exército medieval cravejado de pedrarias e muito luxo pontuaram a entrada final da apresentação.

A Valentino também bebeu na fonte do anos 60, e levou para a passarela looks com romantismo fresh, detaque para o caimento impecável das peças.

Já a Versace, conhecida por seu ar mais sexy, levou cores quentes para a passarela, e um conjuntinho digno de suspiros: a começar pelo tom e o decote vertiginoso. 


Anthony Vaccarello manteve seus recortes e boas doses de pele à mostra, mesmo no inverno. Enquanto a Moschino causou frisson em desfile funny, com referências claras às redes de fast food, num revival do fim dos anos 80 e início dos anos 90.

E por fim, a Chanel com suas propostas de vanguarda, DNA característico, e um equilíbrio que só mesmo Lagerfeld consegue manter há tantas temporadas.

E vocês, qual a grife favorita nessa temporada? 


Tecnologia do Blogger.